Versatilidade em alta: objetos com múltiplas funções são trunfos na decoração

Coringa já virou adjetivo. A palavra pulou do baralho, onde é capaz de assumir múltiplas faces, para a decoração. No design de interiores, uma peça coringa é aquela que se encaixa bem em qualquer lugar e ainda dá uma graça extra ao espaço.

Quer um exemplo? Pense em uma bandeja. À primeira vista, parece apenas um suporte para itens da cozinha. Até que o olhar treinado de quem coleciona referências a tira do canto do café e leva para apoiar produtos de self-care no banheiro. Passa um tempo, a vontade de mudar tudo outra vez aparece de novo e a peça vai parar no hall de entrada, onde passa a receber aqueles objetos que a gente sempre traz da rua.

Essa mesma versatilidade é válida para adornos, caixas, cestos e nichos. As possibilidades são inúmeras – experimente!

 

 

BANDEJAS
Servir, organizar ou decorar. As bandejas adquirem diferentes funções para diferentes momentos e ambientes. 

 

CENTROS DE MESA OU ADORNOS DE PAREDE
São chamados de centros de mesa, mas não significa que não possam ser utilizados em outros espaços ou em outras funções. Além de servirem como fruteira, organizarem livros e até mesmo documentos, algumas opções incluem ganchos em seu verso, podendo ser usados também como adornos de parede.

 

CAIXAS OU LIVROS CAIXA
Pensou em organização, pensou em caixa. Ideais para guardar pequenos objetos, as caixas ou livros caixa podem ainda deixar o espaço muito mais atraente. As opções vão desde as mais básicas até estampadas, com diferentes estilos e tamanhos para se encaixar na necessidade do ambiente.

 

CACHEPOTS
Não é de hoje que os cachepots ganharam outras funções. As plantas deram espaço para objetos, canetas ou até mesmo pincéis de maquiagem. 

 

CESTOS
Se por um lado as plantas saíram dos cachepots e deram espaço para outros itens, por outro, passaram a ocupar também os cestos. Fáceis de se adaptar aos mais variados espaços, servem ainda para guardar mantas, cobertores ou qualquer outro item necessário.